Dissídio 2021

Dissídio 2021 – Conforme prescrito pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), existem diversas normas que precisam ser cumpridas, sejam por contratantes ou contratados, em quesitos empresariais. No caso do dissídio 2021, a situação acontece quando há um conflito de interesses de reajustes para o funcionário.

Entretanto, tais disputas costumam ser resolvidas apenas na justiça, por meio das entidades e sindicatos responsáveis pelo trabalhador. Pensando assim, separamos algumas informações sobre o dissídio 2021.

Dissídio 2021

Dissídio 2021

O que é dissídio salarial?

O dissídio 2021 é um conflito de interesses financeiros entre a empresa e o empregado. No caso, o dissídio salarial ocorre quando há a necessidade de aumentar o salário do funcionário.

Neste caso, o sindicato da profissão do mesmo calcula a porcentagem de quanto deve ser aumentado do valor do salário mínimo recebido pelo profissional. Até porque, dependendo das companhias, as mesmas ofereceriam aumentos medíocres. E para evitar dores de cabeça em tribunais, tais entidades entram no caminho para assumir a disputa.

Em casos muito extremos, existem até alguns funcionários que se demitiram porque não aceitaram os termos oferecidos. Claro, os mesmos também não foram atrás de seus sindicatos para reclamar.

Dissídio 2021

Para este ano, todo o dissídio 2021 já foi acordado e estabelecido pelos sindicatos responsáveis. O acordo foi feito por meio das convenções coletivas. Para 2021, entretanto, ainda não houve uma resolução, mais por causa da pandemia do Covid-19. De qualquer maneira, os valores dos acréscimos salariais podem ser acessados no site oficial do Sindicato dos Comerciários.

O mesmo é a maior entidade de comerciários do Brasil, e também abriga muitos outros sindicatos que estão espalhados pelo país. Caso não haja uma resolução dos valores para o próximo ano, a especulação é que se mantenha os valores regentes de 2021. Lembrando que o último acordo já está válido desde 2020.

Dissídio coletivo 2021

Conforme comunicado oficial do Sindicato dos Comerciários, segue abaixo os valores do piso salarial 2021. Lembrando que estes números equivalem para o reajuste coletivo.

  1. SINCOVAGA – Válido para setembro como mês de data base – 3,28%
  2. SAGASP – setembro de data base – 3,28%
  3. SICOP – Data base em novembro – 3,64%
  4. Lojistas – Data base em setembro – 4%
  5. SINDIAUTO – Também tem setembro como data base – 4%
  6. SINCOVID – outubro como data base – 4%
  7. SINDISIDER – setembro como data base – 4%

Uma observação importante aqui é que caso sua entidade ou sindicato responsável por sua profissão não esteja citado nesta lista, é aconselhável que você entre em contato com a mesma. Até porque, somente assim poderá saber o valor do seu reajuste do salário mínimo.

Cálculo dissídio 2021

Se você quer calcular o dissídio 2021, saiba que o pensamento é bem fácil. Abaixo, separamos a fórmula para que você possa conferir o salário mínimo 2021 da sua categoria:

  1. Salário Reajustado = Salário Atual + (Salário Atual x Percentual de Reajuste)
  2. Supondo que você receba R$ 1.500,00, e que seu reajuste será de 4%, a conta é 1.500 + (1.500 x 4%)

Transformando a porcentagem, a conta seria 1.500 + (1.500 x 0,04) = 1500 + 60 = 1560

Ou seja, seu salário reajustado, utilizando a fórmula acima, passaria a ser de R$ 1.560,00.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *